Jogo Sujo

Empresário é condenado por sonegar impostos na Paraíba

Dono da Aroma do Agreste foi acusado de omitir operações comerciais

A juíza em substituição da Vara Única da Comarca de Aroeiras, Ivna Mozart Bezerra Soares, condenou o empresário Françualdo Formiga de Oliveira a cumprir três anos de reclusão pelo crime de sonegação de impostos. A pena do acusado foi convertida em prestação de serviços à comunidade e multa equivalente a 10 salários mínimos. A decisão foi publicada no Diário Oficial da Justiça na data de hoje. Entre 2009 e 2013, o proprietário da empresa Aroma do Agreste suprimiu o tributo estadual (ICl\IIS) e fraudou a fiscalização tributária ao omitir a realização de operações comerciais de saídas de mercadorias do estabelecimento. No processo, consta a prova de que o débito foi inscrito em dívida ativa. O acusado não contestou. Cabe recurso dessa decisão.

Fonte: Jornal da Paraíba

Redação

Redação

Comentar