Jogo Sujo

Por que o Consórcio Bilhete Digital quer esconder seu verdadeiro sócio?

Há um passageiro oculto – ou nem tanto – na controversa disputa pelo sistema de bilhetagem eletrônica no município do Rio de Janeiro, um contrato da ordem de R$ 1,3 bilhão. O protagonista desse esconde-esconde societário é Wilson Borges Pereira...