Jogo Sujo

CPI da Covid convoca Witzel e governadores de nove estados

CPI Covid

A CPI da Covid instalada no Senado Federal decidiu convocar o ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e mais nove governadores em exercício para prestarem depoimento sobre as medidas de enfrentamento à pandemia. Foram convocados os governadores de todos os estados que são ou foram alvo de investigação da Polícia Federal.

O atual governador do RJ, Claudio Castro, não foi convocado. Próximo da família Bolsonaro, o nome de Castro foi retirado após discussões em reunião secreta para fechar um acordo sobre a lista de requerimentos, sob o  argumento de que não estava no cargo durante as operações da Polícia Federal.

A decisão foi defendida pelo presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), mas causou divergência entre senadores. O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), e o vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), acreditam que a apuração vai desviar o foco do governo federal e que não faz sentido trazer representantes de estados que já são alvo de operações da Polícia Federal.

Confira a lista dos governadores convocados pela CPI da Covid, além do governador impedido do RJ, Wilson Witzel, e de Daniela Reinehr, vice-governadora de Santa Catarina:

Wilson Lima (AM)
Helder Barbalho (PA)
Ibaneis Rocha (DF)
Mauro Carlesse (TO)
Carlos Moises (SC)
Antonio Oliverio Garcia de Almeida (RR)
Waldez Góes (AP)
Marcos José Rocha dos Santos (RO)
Wilson Witzel (ex- governador do RJ)
Wellington Dias (PI)

A comissão também aprovou que o ex-ministro da Saúde e general Eduardo Pazuello e o atual ministro, Marcelo Queiroga, sejam convocados novamente a prestarem depoimento. A deliberação sobre convocação de prefeitos ficou para outro momento por falta de acordo em relação ao tamanho dos muncípios. A CPI tem prazo de 90 dias, que pode ser prorrogado.

Redação

Redação

Comentar