Jogo Sujo

Operação Freio de Arrumação na Bahia: servidor do Detran é preso

Ele é acusado de cobrar R$ 45 para retirar cada ponto da CNH e de negociar as fraudes pelo WhatsApp

Um servidor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA), identificado como Márcio Silva Freire, foi preso temporariamente, na manhã desta quinta-feira (12), em Salvador, durante uma ação de âmbito nacional de combate à corrupção deflagrada pelo Ministério Público estadual. A Operação Freio de Arrumação é coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-BA). O MP-BA estima que outros funcionários do órgão tenham participado do esquema fraudulento que envolvia, dentre outros crimes, a retirada de infrações de trânsito e diminuição de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Márcio foi exonerado, de acordo com o Detran. A prisão do suspeito, que atuava como despachante em um posto do órgão de trânsito no Auto Shopping Itapoan (ASI), localizado na capital baiana, foi cumprida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que identificou alguns dos delitos há cerca de dois meses. 

Coordenadora do Gaeco-BA, a promotora de Justiça Ana Manuela Almeida explicou que Márcio Silva agia há pelo menos dois anos. Ele oferecia os serviços fraudulentos em contatos feitos por telefone e pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. Por meio de nota, o Detran-BA afirmou que o caso já era apurado pela corregedoria há quatro meses. “Informações foram levantadas e encaminhadas ao MP-BA e à Polícia Civil”, diz o comunicado.

Redação

Redação

Comentar