Jogo Sujo

Contratos suspeitos do Senai-DF estão na mira da PF

Polícia Federal

A Polícia Federal está investigando possíveis regularidades nas administrações regionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL), no Distrito Federal. A Operação Sierra cumpriu quatro mandados de busca e apreensão no DF e no Rio de Janeiro.

De acordo com os investigadores, o IEL firmou contratos de prestação de serviços com empresas de propriedade de dirigente do Sistema S – transação expressamente proibida por lei. As empresas beneficiadas receberam cerca de R$ 3 milhões.Os investigados podem responder por furto qualificado, falsidade documental e associação criminosa, cujas penas, somadas, podem chegar a 16 anos de reclusão.

O IEL-DF comunicou que está colaborando integralmente com as apurações, “pois é o maior interessado no resultado, uma vez que estamos diante de fatos que prejudicaram não só os cofres do instituto, mas também a sua imagem”.

Redação

Redação

Comentar