Jogo Sujo

Ex-prefeito de Seropédica, esposa e filho investigados por desvios de R$ 4 milhões

Seropedica

A Polícia Civil cumpre um mandado de busca e apreensão na casa do ex-prefeito de Seropédica, na Baixada Fluminense, Anabal Barbosa de Souza, e da esposa, que era secretária de Educação, Cultura e Esporte, Sônia Oliveira de Souza. São cumpridos também outros  mandados  contra pessoas acusadas de fazer parte de um esquema de fraudes em contratos no município em 2017, quando Seropédica estava em estado de calamidade.

A ação também acontece na casa do filho do ex-prefeito, Wagner Oliveira de Souza. Ele é apontado pelos investigadores da Delegacia de Defraudações (DDEF) como o operador do esquema. Em sua residência, foram apreendidas duas armas e uma quantidade de dinheiro em espécie.

Durante o período de calamidade financeira, foram assinados 14 contratos pela Prefeitura de Seropédica envolvendo altos valores e com dispensa de licitação. As empresas apresentavam atividades incompatíveis com os serviços contratados, diz a polícia.

O desvio dos cofres públicos foi calculado em R$ 4 milhões. O crime teria causado problemas nos serviços públicos prestados pelo poder municipal, como falta de merenda e falta de insumos hospitalares em postos e hospitais. Os investigados vão responder pelos crimes de peculato, corrupção passiva, tráfico de influência, irregularidades em dispensa de licitação e organização criminosa.

Redação

Redação

Comentar