Jogo Sujo

Secretaria estadual acusa Prefeitura do Rio de esconder leitos para pacientes com Covid-19

hospital souza aguiar

Uma auditoria realizada pela Secretaria estadual da Saúde do Rio de Janeiro acusa a gestão de Eduardo Paes de não destinar leitos para pacientes com a Covid-19 em pelo menos três hospitais da capital. A irregularidade veio à tona após uma inspeção nos hospitais públicos municipais, realizada ontem (22/3). De acordo com a inspeção, o município estaria escondendo e reservando indevidamente leitos que deveriam atender pacientes com coronavírus. O relatório será encaminhado ao Ministério Público Estadual.

Os problemas mais graves foram identificados nos hospitais municipais Evandro Freire, Souza Aguiar e Ronaldo Gazolla. No Evandro Freire, na Ilha do Governador, foram encontrados pacientes com outras doenças internados em leitos que estavam reservados para doentes com covid. Já no Souza Aguiar, no Centro da cidade, 19 leitos estavam reservados sem justificativa. No Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, 29 leitos continuavam reservados para pacientes que já tinham tido alta ou que mesmo já haviam falecido.

A Prefeitura do Rio de Janeiro, comandada por Eduardo Paes, comunicou que não foi encontrado nenhum leito que estivesse fora da plataforma do Sistema Estadual de Regulação. A Secretaria municipal de Saúde informou ontem que  a capacidade de atendimento  é insuficiente nas UTIs e que a taxa de ocupação está em 92%, com 607 pacientes internados.

Redação

Redação

Comentar