Jogo Sujo

Sem licitação, Governo do Tocantins compra 88 mil máscaras por R$ 2,5 milhões

mascara coronavírus

Cada máscara custou R$ 29,35. Item é destinado a profissionais de saúde que atuam em unidades hospitalares

A Secretaria de Estado da Saúde  do Tocantins dispensou licitação para comprar, de forma emergencial, 88 mil máscaras modelo N95. A aquisição é para profissionais de saúde que atuam em unidades hospitalares e este tipo de máscara serve para evitar contaminações. O valor total do contrato é de R$ 2.582.800,00.

O valor unitário de cada máscara é R$ 29,35. A empresa escolhida para a compra é a Comercial Cirúrgica Iperó. De acordo com o extrato do contrato, a decisão de dispensar a licitação levou em consideração a situação de calamidade pública no Tocantins por causa da pandemia do novo coronavírus.

No começo do mês, o próprio governo pediu que o Ministério Público Federal abrisse uma investigação sobre a compra de 12 mil máscaras por R$ 35 cada. Na época, a gestão disse que fez a compra porque a necessidade era urgente e pediu que os promotores apurassem se as empresas haviam praticado sobrepreço. O inquérito ainda está em andamento.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que o preço praticado na compra publicada no Diário Oficial do Estado foi o encontrado pela gestão estadual. A referida compra, segundo a nota, foi realizada pensando na segurança dos profissionais na necessidade de aquisição dos Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs), devido à grande utilização nas unidades hospitalares geridas pelo Executivo Estadual, infelizmente sem previsão para o fim da pandemia.

A SES ainda destacou que tem contado com o auxílio dos órgãos de controle para investigação de possível sobrepreço e possível crime contra economia popular.

Redação

Redação

Comentar