Jogo Sujo

CPI da Covid apresenta lista com 14 investigados, incluindo o ministro Marcelo Queiroga

CPI da Covid

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), apresentou oficialmente uma lista de 14 pessoas como investigadas pela comissão. Anteriormente, estavam classificadas como testemunhas. A relação inclui diversas pessoas ligadas ao governo Jair Bolsonaro, como o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, seu antecessor, Eduardo Pazuello, e o ex-ministro das Relações Internacionais, Ernesto Araújo.

O senador ainda afirmou que, apesar de não estar na lista, o presidente Jair Bolsonaro poderá ser responsabilizado pela CPI ao final dos trabalhos e que está estudando a possibilidade de incluir o chefe de Estado como investigado.

— Essa é uma análise que estamos refletindo, ouvindo as pessoas, conversando com as instituições. Se a CPI puder diretamente investigar o presidente, já que a vedação é (apenas) para o não comparecimento para prestar depoimento, e não óbvia vedação à investigação… Se a competência favorecer a investigação, quero dizer que vamos investigar, sim. Se não pudermos trazê-lo para depor, poderemos fazer perguntas por escrito, como em muitas circustâncias compete fazer a presidente da República… Aparecendo fatos óbvios, como tem aparecido, a CPI vai ter que responsabilizar. Diante de provas, não há como não responsabilizar. Seria um não cumprimento do nosso papel — declarou Renan Calheiros.

Confira a lista dos considerados investigados pela CPI da Covid

Existem 14 pessoas na lista de investigados da Comissão Parlamentar de Inquérito, mas novos nomes poderão ser acrescentados.

Marcelo Queiroga (atual ministro da Saúde)
Eduardo Pazuello (ex-ministro da Saúde)
Ernesto Araújo (ex-ministro das Relações Exteriores)
Elcio Franco (ex-secretário executivo da Saúde)
Arthur Weintraub (assessor especial da Presidência)
Carlos Wizard (empresário)
Fábio Wajngarten (ex-secretário de Comunicação)
Franciele Francinato (coordenadora do Programa Nacional de Imunização)
Hélio Angotti Neto (secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde do Ministério da Saúde)
Marcellus Campêlo (ex-secretário de Saúde do Amazonas)
Mayra Pinheiro (secretária de Gestão e Trabalho do Ministério da Saúde)
Nise Yamaguchi (médica)
Paolo Zanotto (médico)
Luciano Dias Azevedo (médico)

 

Redação

Redação

Comentar