Jogo Sujo

CPI da Covid aprova requerimentos para investigar corrupção no governo federal

CPI Covid

A CPI da Covid aprovou uma série de requerimentos para investigar um suposto esquema de corrupção no governo Bolsonaro. Já são 130 os requerimentos aprovados, conforme divulgado pela própria comissão. Entre os requerimentos aprovados, estão a quebra dos sigilos telefônico, fiscal, bancário e telemático do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), acusado de envolvimento no favorecimento de contratos suspeitos do Ministério da Saúde  e o pedido de afastamento da secretária Mayra Pinheiro, da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde.

Outros requerimentos aprovados para apurar suposta corrupção no governo Bolsonaro consistem na convocação e quebra de sigilos bancário e fiscal dos representantes da empresa de distribuição de vacinas VTC Logística. As quebras de sigilo de outros investigados também foram aprovados, como o do deputado Luis Miranda (DEM-DF), que denunciou um suposto esquema de corrupção na compra da Covaxin, e dos intermediários da Davati Cristiano Carvalho e Luiz Paulo Dominghetti Pereira.

Além disso, uma nova convocação do ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, já foi pedida pela CPI. Ele era considerado  do ex-número 2 de Eduardo Pazuello para facilitar a compra de vacinas em negociações suspeitas. Mais uma linha de investigação são os sites acusados de propagar conteúdos falsos na pandemia, cujo pedido de sigilo bancário também foi aprovado.

Redação

Redação

Comentar