Jogo Sujo

Operação Contágio apreende R$ 460 mil em dinheiro vivo em endereço de OS investigada

dinheiro vivo

A Polícia Federal (PF)  realizou mais um mandado de busca e apreensão no âmbito da Operação Contágio, que investiga desvios nda Saúde nos municípios paulistas de Hortolândia, Embu das Artes e Itapecerica da Serra, conforme o blog noticiou. Desta vez, foram apreendidos R$ 463 mil reais após a PF verificar as imagens das câmeras de edifício identificado como outro endereço de uma Organização Social (OS), que é alvo das investigações.

Nas gravações de segurança do prédio localizado em Cotia (SP), a PF observou “a chegada de pessoas carregando uma mala e a saída de um indivíduo com um pacote aparentando conter dinheiro”. A corporação monitorou o local, durante a noite, para então efetuar a apreensão na manhã da última sexta-feira (23/4).

A Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros constatou que a OS Associação Metropolitana de Gestão (AMG) subcontratava empresas para execução dos serviços contratados pelas Prefeituras. Algumas dessas empresas foram constituídas poucos meses antes da assinatura dos contratos e não tem experiência na área de saúde.

Os contratos fraudados, somados, superam R$ 100 milhões. A organização social investigada que está em nome de um veterinário de 28 anos, recém-formado e residente em Presidente Bernardes, município localizado a mais de 400 km dos locais em que os serviços seriam prestados.

Redação

Redação

Comentar