Jogo Sujo

Operação investiga fraude em compra de materiais de limpeza para escolas de Mato Grosso do Sul

Operação Clean

Empresas vencedoras de um leilão realizado pela Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul para fornecimento de materiais de limpeza em escolas estaduais foram o alvo da Operação Clean, deflagrada nesta segunda-feira (19/4).  Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado do Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS).

A investigação apura crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção e associação criminosa, cometidos no âmbito da aquisição de materiais de limpeza destinados à rede estadual de ensino. Os contratos foram assinandos em 2018 e a licitação foi realizada no ano anterior.

Os agentes estiveram nos endereços dos proprietários das empresas e um servidor público encarregado do procedimento licitatório na época. Foram apreendidos telefones celulares, notebooks e documentos, que serão analisados pela Promotoria de Justiça. A investigação sobre a fraude está sendo conduzida pela 30ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Campo Grande (MS).

Redação

Redação

Comentar