Jogo Sujo

PF encontra R$ 1 milhão na casa de conselheiro do TCE-MS durante Operação Mineração de Ouro

Ronaldo Chadid

Do total de R$ 1,6 milhão apreendido pela Polícia Federal durante a Operação Mineração de Ouro, R$ 1 milhão em espécie foi encontrado na casa do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul (TCE-MS), Ronaldo Chadid. O restante do dinheiro foi encontrado na residência da chefe de gabiente de Chadid, Thaís Xavier Ferreira da Costa.

Conforme publicado pelo blog, a Operação Mineração de Ouro foi deflagrada no dia 8 de junho, durante a qual a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em 20 endereços. A força-tarefa foi realizada com o objetivo de combater uma organização criminosa que fradava licitações no estado, sendo um desdobramento da Operação Lama Asfáltica.

De acordo com a PF, Thaís Xavier é beneficiária de transferências de Chadid de mais de R$ 950 mil, efetuadas entre 2015 e 2019. A informação veio à tona após a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos suspeitos. O Ministério Público Federal acusa os conselheiros da Corte de Contas de autorizarem contratos suspeitos de coleta de lixo, repletos de irregularidades, com a empresa GC Solurb, em troca de propina.

 

Redação

Redação

Comentar