Jogo Sujo

Governador de Santa Catarina é absolvido em tribunal de impeachment e retoma cargo

governador Carlos Moisés

O tribunal do impeachment absolveu, nesta sexta-feira (7/5), o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), da acusação de crime de responsabilidade pela compra de 200 respiradores para pacientes de Covid-19 por R$ 33 milhões, adquiridos com pagamento antecipado e com dispensa de licitação. Foram 6 favoráveis à absolvição contra 4 votos contrários.

Conforme o blog havia noticiado, Carlos Moisés foi afastado no dia 30 de março, à espera do julgamento. Com a decisão, ele volta ao posto de governador. Daniela Reinehr (sem partido), que havia assumido o cargo temporiamente, volta ao seu posto de vice-governadora.

A acusação apontava que o valor de R$ 33 milhões foi pago antecipadamente pelo governo estadual, que não exigiu garantias pela entrega dos respiradores. A empresa escolhida pelo governo para fornecer os respiradores foi a Veigamed, do Rio de Janeiro, sem histórico de venda desses produtos. Apenas 50 equipamentos chegaram ao Brasil, mas não tiveram a importação regularizada. Uma CPI sobre o caso foi aberta na Assembleia Legislativa de Santa Catarina em 2020, para investigar o caso.

 

Redação

Redação

Comentar